Jump to content
Chase History

Ficlet de terror (+16)


SemCrise
 Share

Recommended Posts

SemCrise    216

                                                                                                   Colina Amaldiçoada de Canaban                                                  

 

 

Era um conto antigo, na verdade, muitos acreditavam que nada mais era do que uma história para impedir crianças de se afastarem da cidade. Canaban é um lugar bonito, uma cidade cheia de vida rodeada por longos campos verdejantes e um castelo altivo, que hoje nada mais é do que um local abandonado.

 

 

Há muito Canaban não tinha mais nobreza. Não tinha mais os exércitos da guarda real. Nem mesmo tinha o guerreiro imortal que jurou lealdade à bandeira. Mas isso não fazia do lugar menos pacífico, apenas mais assustador.

Quem conhecia os rumores não ousava se aproximar das terras do castelo, muito menos do cemitério do exército. Conta à lenda que além dos campos verdejantes de Canaban, se inicia um vale, de altas árvores e uma neblina que nunca dispersa, onde estão enterrados os corpos daqueles que lutaram por sua cidade, quando houvera o embate entre Serdin e Canaban, e os cadáveres daqueles amaldiçoados por aquelas terras.

Muitos anos no passado, quando a Grand Chase trazia a paz ao continente – e por que não dizer ao mundo – três de seus membros eram Canabanenses importantes. A ruiva Elesis Sieghart, a antiga líder dos cavaleiros vermelhos e atual líder da Grand Caçada; o nobre Ronan, último pertencente à coroa de Canaban, um digníssimo Erudon; e o imortal Ercnard Sieghart.

Naqueles tempos entre guerras e paz, não foram poucas as visitas que os guerreiros faziam à Canaban e foi em uma delas que tudo ocorreu. Não se sabe exatamente o que levou o imortal à ruína, raiva ou talvez loucura? Mas em meio àquele vale sagrado o moreno, que uma vez jurara proteger Canaban e sua coroa, decapitou o último dos Erudon.

Foi um choque para toda a população quando ambos não retornaram. Quando o time de busca foi enviado, apenas um guerreiro retornou. Trêmulo, insano e arrastando-se, almejando afastar-se daquela névoa.

Segundo ele, era uma névoa sombria, gelada, que os impedia de ver muito mais do que alguns metros à frente. Depois de dois dias de procura, encontraram a carniça do que uma vez viera a ser o corpo do Erudon e, depois de muito procurar, chocaram-se com a cabeça arrancada com seus olhos mortos, no topo da colina, fitando Canaban para a eternidade. Com o estômago embrulhado e dor em seus corações, retiraram o gládio que a mantinha no lugar e embrulharam-na em um pano, para retornarem à cidade para um enterro descente.

Era aí então que as informações ficavam confusas. Na noite do terceiro dia, quando a equipe de busca se preparava para o acampamento e outro dia de viagem até suas casas, um ruído foi ouvido e depois daquilo os guerreiros começaram a morrer, era um assassino rápido, letal e com um sorriso macabro coberto de sangue. Ele dizia que havia ousado olhar em seus olhos prateados corrompidos. Sieghart, tomado pela loucura, dizia ainda ouvir as ordens do Erudon. Ninguém deveria deixar àquelas terras. Pela honra e glória de Canaban. Ele murmurava enquanto assassinava seus companheiros e sentenciava ele a retornar com a mensagem.

Claro que ninguém acreditou naquele homem ensandecido, por isso continuaram outras buscas frequentes. Nunca eram achados cadáveres. Era sempre a mesma neblina. E uma vez que avistassem os olhos mortos do Erudon, sempre no topo da colina, estavam fadados à morte. Era sempre um único guarda que voltava com a história e depois, sem mais, desaparecia.

Com o tempo, pararam de se aventurar naquelas terras, mas os sumiços não pararam de acontecer. Alguns contam ter visto um relance da cabeça morta no topo da colina por suas janelas, apesar de ser impossível avistá-la àquela distância, e logo depois eram acometidos por terríveis pesadelos com sombras de olhos corrompidos e uma neblina tão densa que não conseguiam nem mesmo enxergar suas mãos, até serem encontrados mortos, seus corpos retalhados por cortes de lâminas e a cabeça encravada no local mais alto de suas residências.

E sempre a mesma mensagem, escrita com o sangue de sua vítima “Glória à Canaban.”.

Canabanenses passaram a fechar suas janelas e portas à noite. Colocar cortinas por cima de superfícies transparentes que pudessem avistar, por mais que de longe, a colina. Mas sempre havia um desavisado. Um que tentava enfrentar os mistérios da colina. Na manhã seguinte, somente sua cabeça era encontrada na entrada do castelo, encravada em seus altos muros de proteção.

Mas isso já fazem anos, há muito não se tem nenhum caso.

 

 

Mas se eu acredito que a cabeça do Erudon mantém sua vigília constante à Canaban, enquanto seu fiel assassino se mantém pacífico esperando sua próxima vítima?

Bom, eu sempre fecho as janelas antes de dormir.

 

 

                                                  

 

 

 

Edited by SemCrise
  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Crys    1,017

Tente colocar o link direto das imagens, ao invés de upá-las no fórum.
E evite expor links no final do tópico para divulgação, é considerada assinatura improvisada (creio eu).

Sobre sua fic, ficou muito bem escrita e bem organizada (o que é difícil ter isso no fórum), continue assim.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

SemCrise    216
2 minutos atrás, Crys disse:

Tente colocar o link direto das imagens, ao invés de upá-las no fórum.
E evite expor links no final do tópico para divulgação, é considerada assinatura improvisada (creio eu).

Sobre sua fic, ficou muito bem escrita e bem organizada (o que é difícil ter isso no fórum), continue assim.

Não pensei no link direto, fica para a próxima e obrigado pela dica #20

Link to comment
Share on other sites

Housex    2

Só um conselho, já que é uma fic mais "pesada", aconselho a deixar a mesma em spoiler.
O comando é o seguinte:

[*spoiler] Fic aqui tocando o terror [*/spoiler]
Sem os **.

Boa sorte o/

PS: O link não é considerado assinatura improvisada, apenas imagens são.

Link to comment
Share on other sites

Crys    1,017
1 minuto atrás, Antwoord disse:

Não pensei no link direto, fica para a próxima e obrigado pela dica #20

Sorry, eu confundi, apenas imagens são consideradas assinaturas improvisadas @[email protected]

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
  • 2 weeks later...
  • 1 month later...
DarkShiro    156

Ficou bem legal a história, acho que da pra deixar a história mais divertida descrevendo as batalhas que acontecem com mais detalhes

Link to comment
Share on other sites

  • 5 months later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...