Jump to content
Chase History

A Guerra de Ernas


lotoflols
 Share

Recommended Posts

lotoflols    5

Olá pessoas! Decidi fazer essa fanfic por alguns motivos, sendo um deles que eu acho um ***** o que fizeram com a história do GCV, e eu também não acho que o Veigas tenha que ser um personagem jogável (me desculpem, main Veigas, mas aposto que vocês vão gostar de ler essa fanfic ainda assim!), e sim um chefe tipo o Astaroth, que é um "perigo constante". Sem mais delongas, apresento a vocês minha singela contribuição/whatever para a imaginação de vocês chamada A Guerra de Ernas!

 

SINOPSE:

Sinopse - A Grand Chase está em pedaços após a batalha final contra Astaroth. No entanto, eles ainda tem um grande problema pela frente, que se chama Veigas Terr. O Destruidor veio para Ernas, e está com sede de vingança. Sua chegada iniciará uma guerra que tomará proporções nunca antes vistas, e trará também os misteriosos portões dimensionais, capazes de trazer tanto aliados quanto inimigos. Diante do caos, os membros da Grand Chase precisarão tomar suas próprias decisões para poder sobreviver e combater o poderoso Destruidor.

 

PRÓLOGO: Destruidor

 

- Esfera maligna! - pronunciou Veigas enquanto aniquilava um grupo de monstros. Canalizando o poder em seu tesserato, o asmodiano lançou uma orbe que percorreu todo o campo de batalha, destruindo todos que eram atingidos.

Veigas notou que não havia mais nenhum monstro por perto e lançou um olhar desapontado para seu tesserato.

- Estou entediado de novo, tesserato - reclamou Veigas. - Eu não acredito que você nos trouxe para essa dimensão sem graça!

Enquanto o asmodiano discutia com seu cubo senciente, uma sobra se projetou, ficando cada vez maior acima dele. Era um demônio dimensional, que brandia seu machado de guerra enquanto se preparava para um golpe devastador. Veigas sorriu. Por sua altura, bastava que a lâmina do machado do demônio colidisse com o solo para acertar o pequeno asmodiano, mas quando isso aconteceu, Veigas não estava mais lá. O demônio procurou Veigas com suas diversas orbes opacas, porém já era tarde. Em um piscar de olhos, o asmodiano se materializou atrás do demônio, seu tesserato irradiando poder e ódio.

- Tufão da morte! - proferiu Veigas, e seu tesserato voou em volta de seu dono violentamente, enquanto dilacerava o demônio. Ao terminar seu trabalho, voltou a flutuar sob a palma de Veigas.

Ainda insatisfeito, Veigas vagou por aquela dimensão, procurando algum ser para destruir, no entanto, achava que seu trabalho já havia sido concluído. Ele não havia passado muito tempo naquele lugar, mas os monstros residentes haviam aniquilado a si mesmos antes da chegada de Veigas.

- As dimensões mudam - ele comentou -, mas os seres são os mesmos.

Ele deu uma risada sarcástica, e se voltou para o tesserato.

- Para onde devemos ir agora?

"Mestre Terr, há um portão dimensional que tem uma ligação direta para Ernas."

Ao ouvir aquilo, os olhos de Veigas brilharam. Ele jurou destruir aquela dimensão desde que Heitaros havia falhado, mas acabou se perdendo no caminho, passando por outras dimensões. Teria sido uma grande perda de tempo se Veigas não tivesse destruído todas as dimensões por onde passava, mas seu objetivo nunca fora esse. Agora, ele poderia finalmente sentir a vingança se materializando diante de seus olhos.

- Aonde podemos encontrar esse portão? - perguntou Veigas, tentando conter a animação.

"Assim que destruirmos esta dimensão, o portão se abrirá, mas..."

Veigas interrompeu seu tesserato, levantando-o aos céus e utilizando seu poder para acabar com aquela dimensão de uma vez por todas. O cubo emitiu um brilho escarlate, e seu mestre proferiu seu golpe final.

- Lâminas do tormento!

Muito acima deles, o céu foi tomado de espadas dimensionais, que devastavam tudo por onde caíam. Veigas olhava maravilhado enquanto seu poder se alastrava pela dimensão inteira, trazendo uma chuva de lâminas púrpura. Não demorou muito até Veigas destruir aquela dimensão, transformando o lugar em um abismo sem fim. À sua frente, viu que um portão dimensional estava se formando, sinal de que seu trabalho estava concluído.

- As trevas estão chegando... - sussurrou Veigas para si mesmo. Ele flutuou em direção ao portão enquanto sentia a vingança se aproximando.

 

CAPÍTULO 1: Invasão

 

Após a grande batalha contra o Deus Astaroth, a Grand Chase, os anões e os elfos negros de Karuel se reuniram no centro da cratera, onde antes era a magnífica cidade de Calnat. O castelo que demarcava o início do império de Astaroth ruia, pois não estava mais sendo fortificado pela energia que o martelo de Ernasis concedia. Duel havia transportado a chave, Mari, consigo para longe de todos, sem dar muitas explicações. No entanto, o asmodiano ancião não parecia mais ter planos contra a Grand Chase, e nem contra Mari em si.

A Grand Chase se recuperava da luta, enquanto conversava com Aron e Galadriel. Tanto o rei anão quanto a rainha élfica ordenaram que suas tropas recuassem para suas respectivas cidades, pois não havia mais nenhum conflito que necessitasse de poder bélico, ou mágico.

- Foi mais um grande mal entendido, no fim das contas - disse Aron, pousando a ponta de seu martelo no chão.

- Nos perdoem, viajantes, estávamos tão inertes em nossa própria guerra que nos cegamos para o perigo maior, que estava do nosso lado - Galadriel acrescentou.

Toda a Grand Chase estava exausta. Naquele momento, eles não conseguiam nem agradecer ou reclamar da má hospitalidade dos residentes de Arquimídia, então somente murmuraram palavras inaudíveis ou fizeram gestos positivos. Se não fosse pelo treinamento do elfo feiticeiro Grandiel, certamente nenhum deles teria aguentado até ali. Ronan, que apoiava sua tirfing no chão para se manter em pé, se dirigiu aos reis de Arquimídia.

- Todos aqui já participaram de alguma guerra no passado, então a preocupação de vocês é compreensível. Astaroth foi um problema repentino e inesperado, por mais que seus planos tenham sido antigos. Tudo o que podemos fazer agora é...

Ronan foi interrompido por um clarão no céu, logo acima deles. Círculos com inscritos asmodianos antigos tomaram os céus, iluminando toda a Arquimídia em tons de púrpura. Um portal começou a se formar no meio do círculo.

- Ah não... - Holy murmurou.

- Não pode ser - disse Sieghart, incrédulo.

Nem os asmodianos presentes conseguiam entender o que estava acontecendo. Dio, Rey e Lupus não sabiam - ou não foram notificados - de nenhum tipo de invasão ou aparição vinda da dimensão demoníaca de Elyos, ainda mais em um lugar como aquele, naquele momento. Por mais que Zero fosse um asmodiano ancião, sua criação fora artificial, e ele ainda não entendia muito sobre seu lugar de origem. Ao ver as inscrições no céu, Dio teve uma pista de quem seria, o que piorou seu ânimo. Ele tentou não demonstrar nenhuma expressão suspeita, mas viu que Rey também havia identificado os símbolos.

- A família Terr... - ela olhou para Dio. - Você acha que...?

- Preparem-se - anunciu o asmodiano, imbuindo sua foice em poder das trevas. - Temos mais uma luta pela frente.

Alguns membros da Grand Chase se entreolharam, confusos pela atitude repentina de Dio, mas Lupus se levantou, preparou seu Juiz das Almas, e disse:

- Levantem de uma vez! Eu não vim para esse lugar imundo para morrer!

Percebendo a gravidade da situação, os dezesseis membros da Grand Chase reuniram suas últimas forças e prepararam suas armas para um possível último combate. Os reis de Arquimídia se juntaram a eles, Aron energizou seu martelo com eletricidade e Galadriel apontou seu cajado para o céu, conjurando uma barreira protetora em volta de cada um. Quando o portal surgiu por inteiro, um ser desceu lentamente, com uma espécie de cubo flutuando acima da palma de sua mão esquerda. Apesar de sua aparência remeter a de um humano, suas orelhas pontudas e seus adereços denunciavam que o ser era um asmodiano ancião, uma espécie muito mais poderosa do que um asmodiano normal.

Dio segurou sua foice com mais força, tentando conter a raiva.

- Veigas - disse ele, entredentes.

O asmodiano recém chegado não havia escutado, mas dirigiu seu olhar para Dio mesmo assim. Veigas abriu um sorriso largo, parecendo extremamente satisfeito. Ele se manteve alguns metros do solo, logo acima de Elesis, Edel e Azin. Os três se entreolharam e se afastaram estrategicamente. Os três asmodianos ficaram um do lado do outro, mantendo uma distância segura. Rey ordenou para que ninguém ficasse exatamente junto, então os membros da Grand Chase formaram um círculo em volta de seu inimigo. Um a um, prepararam suas armas e as apontaram para Veigas.

- Ora ora... - disse o Destruidor - Se não é o asmodiano mais deplorável do Desfiladeiro Flamejante. Como se não bastasse isso, ainda está acompanhado de uma Von Crimison, um Haros e... - ele virou sua atenção para Zero e Lass, que estavam relativamente pertos um do outro. - Isso é um asmodiano ancião artificial e um mestiço? - Veigas deu uma risada sarcástica. - Pelo visto você ainda não mudou seu costume de ter péssimas companhias, não é?

Ao invés de responder, Dio se teleportou para trás de Veigas e o jogou violentamente no chão com seu punho demoníaco. O impacto criou uma cratera no chão e levantou uma nuvem de poeira. Antes mesmo que ele pudesse se recompor, Dio lançou três esferas negras, enquanto ria enlouquecidamente.

- Ahahahaha! Queime, infeliz!

A Grand Chase observava a ação de Dio, perplexa, enquanto esperava por alguma resposta de Veigas. Depois de toda preocupação que os três asmodianos mostraram, não deveria ser tão simples derrotar aquele inimigo. A explosão das três esferas de Dio iluminou o lugar, e assim que o clarão cessou, o asmodiano notou que seu inimigo estava envolto por uma silhueta cúbica. Quando a poeira baixou, Veigas sorria dentro de uma espécie de cubo púrpura translúcido, que aparentemente havia recebido todo o impacto por ele.

- O que foi, Dio? - zombou Veigas - Está nervosinho?

Dio preparou sua lança demoníaca para lançar em Veigas, mas foi surpreendido com um contra ataque. Ele foi puxado para perto de Veigas, que criou um vórtice cor de sangue em volta de seu tesserato.

- Sinta o poder da destruição, seu verme. Sinta a agonia ardente!

Dio foi lançado para longe com uma poderosa explosão. Percebendo que Veigas acabara de usar duas habilidades especiais, Elesis ordenou que a Grand Chase atacasse. Ela tomou a dianteira, avançando no asmodiano com seus sabres flamejantes. Porém, no momento em que a espadachim cravou suas lâminas, viu que elas haviam atingido uma pedra, rachando-a. Veigas se teleportou ao lado dela, e com movimentos rápidos de seu tesserato, a derrubou no chão. Sieghart e Ronan atacaram em conjunto, mas Veigas girou seu tesserato e nocauteou os dois simultaneamente. Cada ataque da Grand Chase era repelido ou contra atacado de maneira eficiente, e Veigas parecia não ter aberturas para ser atacado. Cortes, flechas, punhos, explosões, balas... Nem mesmo música surtia efeito em Veigas. Ele olhou para seus inimigos, que agora estavam em sua grande maioria no chão, e deu um sorriso sarcástico.

- Então é esse o poder da tão famosa Grand Chase? - disse em tom de escárnio. - Não tenho tempo para vermes fracos como vocês.

Veigas energizou seu tesserato, que pingava de sangue, mas foi surpreendido por um martelo elétrico caindo do céu. Ele desviou do golpe repentino pulando para o lado, mas foi atingido por uma rajada de energia pelas costas. O asmodiano se virou enquanto se recuperava, finalmente percebendo a presença dos reis de Arquimídia.

- O que é isso? Anões e elfos trabalhando juntos? Que nojo - ele se levantou e esticou o braço direito na direção deles. - Não importa, vou acabar com vocês mesmo assim.

O Destruidor canalizou sua energia em uma poderosa esfera na palma de sua mão e lançou na direção de Aron e Galadriel. A sacerdotisa sabia que nenhum dos dois poderia repelir ou defender aquela magia, mas Galadriel reforçou seus escudos mesmo assim. No entanto, antes que a esfera chegasse até eles, a templária Holy se colocou na frente dos dois, bateu com seu grande martelo no chão e o arrastou para frente, criando uma poderosa onda destruidora que colidiu com a esfera. A explosão deveria ter jogado Holy para longe, mas ela se manteve firme, protegendo os reis de Arquimídia enquanto se apoiava em seu martelo. Veigas expulsou a poeira com um gesto de mão, visivelmente furioso. Ele deu um passo na direção da templária, mas parou assim que Holy bateu com o cabo de seu martelo no chão. Uma aura envolveu a guerreira sagrada, preenchendo toda a cratera com seu poder. Uma coroa celeste apareceu pairando na cabeça dos membros da Grand Chase e até mesmo dos reis de Arquimídia após Holy utilizar sua habilidade suprema, redenção.

- Não vou ser derrotada até que o mal seja banido de Ernas! - disse a templária, determinada.

- Muito bem... - murmurou Veigas, preparando seu tesserato. - Vamos ver se você resiste a isso.

O Destruidor energizou seu tesserato uma última vez, preparando sua habilidade suprema. O cubo sentiente brilhou em tons de púrpura e carmesim e liberou todo seu poder ao comando de seu mestre.

- Dia do julgamento!

Edited by lotoflols
  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

Linsk    914

No aguardo das continuações :squirrel:

Eu não lembro onde eu li, mas teve gente que falou que o Heitaros seria a voz misteriosa na Torre da Extinção. Então eu dei uma lida na história dele e faria muito sentido ser ele.

Link to comment
Share on other sites

lotoflols    5
11 horas atrás, Linsk disse:

Eu não lembro onde eu li, mas teve gente que falou que o Heitaros seria a voz misteriosa na Torre da Extinção. Então eu dei uma lida na história dele e faria muito sentido ser ele.

Realmente faz sentido, mas até agora não pensei num destino certo pra ele, ou se ele vai aparecer na história c:

Link to comment
Share on other sites

Linsk    914
24 minutos atrás, lotoflols disse:

Realmente faz sentido, mas até agora não pensei num destino certo pra ele, ou se ele vai aparecer na história c:

Eu acho que ele daria um ótimo vilão, hein. Tenkaparecer :squirrel:

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Aikko    312

Saudades da época em que eu tinha inspiração para escrever.. Adorei, já quero mais! !12

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...